Lições de grandeza

No início deste mês, tive a oportunidade de participar do Programa de Mestrado da GBTA em Washington, DC. Foi uma oportunidade fantástica de me conectar com algumas pessoas maravilhosas do setor – tanto aquelas que conheço há anos quanto outras que acabei de conhecer.

O evento começou com jantar e comentários da senadora Mary L. Landrieu (D-LA). A senadora compartilhou sua formação e história familiar na política, bem como seus esforços no apoio a viagens de negócios em suas funções em vários comitês.

Sen Landrieu Donna Kelliher - DSC_9990

Foi muito revigorante ouvir um político que realmente entende a importância da indústria de viagens de negócios. “Você pode fazer muita coisa na internet”, disse ela, “mas nunca haverá um substituto completo para apertar as mãos, olhar nos olhos uns dos outros e fazer negócios”. Amém.

No segundo dia, assistimos a uma apresentação do autor de best-sellers internacionais Jim Collins, que partilhou ideias dos seus muitos anos de investigação sobre o que distingue as grandes organizações das meramente boas e o que é necessário para se destacar como líder nesta indústria. Ouvir Jim e o diálogo que ele criou foi incrivelmente energizante.

Jim Collins - Question from audience - DSC_0456

Uma coisa que Jim disse que realmente me tocou foi que a grandeza e a grande liderança não são uma função das circunstâncias. A grandeza é antes de tudo uma questão de escolha consciente e disciplina. É muito importante para nós, enquanto nos esforçamos para sermos líderes em nosso setor ou em nossa empresa, lembrar que todos os dias e em tudo o que fazemos, temos a opção de ser excelentes. Temos a opção de preencher nosso trabalho com paixão e entusiasmo, impulsionando o sucesso.

O dia continuou com tantos grandes executivos compartilhando suas experiências e perspectivas sobre tópicos importantes do setor e debatendo qual será a próxima grande inovação a revolucionar o setor.

Tive a sorte de moderar uma entrevista com Pamela Codispoti, vice-presidente executiva e gerente geral da American Express. Pam é uma mulher incrivelmente talentosa que trabalha na American Express desde 1993 e agora gerencia todos os aspectos de estratégia de produtos, inovação de produtos, desenvolvimento de negócios, soluções digitais, prospectos e marketing de clientes – muita responsabilidade! Ela também é mãe de dois meninos gêmeos.

Foi ótimo conversar com Pam e aprender como olhar para o viajante de negócios de uma perspectiva diferente daquela com a qual muitos profissionais de gerenciamento de viagens estão acostumados. Ela falou sobre a mudança na dinâmica do viajante frequente, já que a geração millennials representa agora 50% da força de trabalho e mais viajantes esperam o mesmo tipo de experiência que desfrutam na vida de consumidor. Ela disse que é importante para a American Express pensar primeiro no usuário final e criar todas as nossas soluções tendo em mente suas necessidades em constante evolução.

Acho que eventos como esses são uma ótima maneira de renovar sua energia e paixão à medida que você sai com tantas ideias e conceitos novos para colocar em prática em sua carreira. Encorajo todos vocês a procurar oportunidades de interagir com seus colegas e aprender com os outros.